SISEPNAT - Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natividade

Sindicato protocolizou na semana passada (quinta-feira dia 14/10), ofício cobrando do prefeito, o agendamento de reunião para retomada das negociações visando a recomposição salarial dos servidores.

Tais negociações foram interrompidas em função de divergências devido ao Prefeito Severiano propor sempre reajustes abaixo das perdas salariais existentes, a ponto de no ano de 2021 não conceder nenhum reajuste. Outro fator que obriga as tentativas de retomada das negociações, é a inflação elevada.

A arrocho salarial já faz diversos servidores procurarem o Sindicato em busca de algum tipo de solução, inclusive propondo que seja articulada novas greves. Os diretores do sindicato ressaltam que, em qualquer circunstância, greve ou qualquer movimento de paralisação, tem de ser precedido de amplas tentativas de negociação, senão, o movimento de greve torna-se ilegal.

O Sindicato quer a correção e implementação do Plano de cargos, carreiras e salários dos servidores, visto ser o único jeito de organizar o quadro de pessoal, e resolver o problema da sabotagem implementada no plano no ano de 2012, na gestão do então Prefeito Taninho e, que até a presente data, quase 10 anos depois, vergonhosamente, ainda não foi corrigida, prejudicado os salários de todos os servidores.

O Sindicato quer discutir com os Vereadores, o orçamento do ano de 2022 para verificar se há verba prevista no mesmo, para contemplar os reajustes salariais e ainda definir as estratégias de sequência de cobrança do reajuste, que será diferente, uma se o Prefeito marcar reunião para discutir a questão e outra se ele preferir continuar sem se reunir e negando os reajustes e a correção do plano.

A correção do plano, é uma situação bem mais complexa que o reajuste. O prefeito Severiano já demonstrou que seu governo não tem competência técnica e muito menos vontade política de resolver o problema. Mas o Sindicato já tem uma proposta pronta, que corrige a vida funcional de todos os servidores. Para compensar a má vontade e a incompetência do governo Severiano, traz inclusive o impacto financeiro detalhado, demonstrando sua viabilidade financeira.

O ofício foi protocolizado sob o número de processo administrativo 6711/2021. O Sindicato vai aguardar a resposta por 20 dias e após serão tomadas novas providências, caso não haja uma resposta positiva no sentido de se reestabelecer as negociações.

Na estratégia para conquista da reforma do plano, ou de forma mais simples, do reajuste, está incluso também, a realização de assembleias gerais com a categoria, pois a assembleia é que decide, com base nas circunstâncias, se faz ou não, qualquer movimento grevista, caso o prefeito insista em não reajustar os salários.

Todos os movimentos do sindicato, na cobrança da recomposição salarial, serão divulgados no site para que haja transparência total em torno do assunto.

Clique aqui para acessar a íntegra do ofício de solicitação da reunião

A proposta de plano de carreiras será divulgada após sua aprovação na assembleia geral.

Sindicato dos Servidores Municipais de Natividade